terça-feira, 26 de abril de 2011

RINDO PARA REFLETIR.

O humor é um ótimo instrumento de reflexão. Embora o texto de André Lima não esteja totalmente impregnado de humor, não deixa de manter uma tênue linha de sarcasmo entre as atitudes e os resultados. De qualquer forma, vale a leitura.

OS DEZ MENDAMENTOS PARA CONTINUAR POBRE.

André Lima.

1. Fale mal dos ricos.

2. Fale mal do dinheiro.

3. Reclame das contas que você tem a pagar.

4. Seja mesquinho: Não doe nada nunca. O que é seu é seu.

5. Leia e colecione todo tipo de notícia ruim sobre a economia.

6. Atribua a sua situação financeira e a dos outros à sorte ou ao azar.

7. Fique revoltado quando souber de alguém que ganha um salário altíssimo. Quem sabe assim o salário dele diminua e o seu aumente.

8. Pechinche o máximo, sempre: quando for contratar alguém para realizar qualquer tipo de serviço, sinta-se feliz em conseguir fechar tudo a um preço inacreditavelmente baixo.

9. Culpe os outros pela sua situação financeira: os bancos, por exemplo.

10. Tenha vergonha de prosperar: quando alguém elogiar algo que você tenha, diga que comprou na promoção.

2 comentários:

  1. kkkkkkkkkkkkkkkkk
    Hilário!
    Rir das desgraças da vida, e ver a leveza das coisas com humor é um bom passo pra deixar de ser pobre. Eu queria saber na sua opinião se a expressão "Pobreza é um estado de espiríto" é uma falácia. É? Parabéns pela postagem! É o ensino lúdico no seu blog!! Parabéns Professor! Aguardo novidades:

    ps:

    sua fã nº 1.

    ResponderExcluir
  2. Querida Valdineia,
    Sempre o meu muito obrigado pelas suas gentilezas. Sobre a afirmação de que a pobreza é um estado de espírito, acredito que a pobreza é a falta de espírito. Na pobreza sempre falta tudo. Mas o seu cúmulo é deixar faltar espírito e continuar crendo que expressões como esta continuem como verdades inquestionáveis.
    Famir Apontes

    ResponderExcluir